Textos

E quem deu poderes para esta garota chegar como
quem não quer nada e mexer tanto assim com você, Coração?
Quem permitiu que esse jeito bobo, meigo,
inusitado, lindo e envolvente adentrasse por aqui sem qualquer permissão?

Não deveria haver por aí regras, ou mesmo limite?
E se ela inebriar teus batimentos e em seguida partir?
Faça um estágio probatório, confira antes se não é só paixonite,
não vá é me deixar a sofrer aqui fora apenas porque tu vives de palpite,

Ah, Coração, indigesto Coração...
Não vê tudo o que já passei?
Não vê as lágrimas e a dor que pelos cantos deixei?
— Está bem, está bem, confesso a ti que talvez me apaixonei...

Jonas Sales
Enviado por Jonas Sales em 23/01/2020


Comentários